Água de Cheiro estreia quiosque modular

Quiosques podem ter 6m², 8m² ou 9m², teve a primeira unidade inaugurada em São Paulo.

Font: Rosana, em Curitba

Sem poder reclamar dos resultados, apesar do ano turbulento, a Água de Cheiro aproveitou o último trimestre para lançar um modelo de quiosque modular.

A novidade, que pode ter 6m², 8m² ou 9m², teve a primeira unidade inaugurada em São Paulo, no dia 1º de dezembro.
O objetivo, segundo o diretor da Água de Cheiro, Olindo Caverzan Júnior, é abrir mais 15 operações, entre lojas e quiosques, até o fim de 2020.

“A pandemia também nos atingiu, fechamos lojas de rua e shopping center, mas os nossos franqueados não se deixaram abater. Foram para as redes sociais, atenderam por telefone, fizeram entrega para seus clientes, se mantiveram ativos. O WhatsApp foi muito importante. Aprenderam a trabalhar no digital e mesmo as pessoas que eram avessas a tecnologia tiveram que aprender a força e agora temos pessoas mais preparadas”, explica Caverzan Júnior.

O novo modelo de quiosques deve substituir totalmente os atuais no prazo de um ano.
A arquitetura do novo quiosque é mais leve em comparação à antiga e, por ser modular, pode crescer em área com pequenos ajustes.

Para 2021, a expectativa é abrir entre 80 e 100 unidades nos diversos formatos, sendo entre 20% e 25% em Minas Gerais.

Leia mais: https://diariodocomercio.com.br/negocios/agua-de-cheiro-lanca-quiosque-modular